Lais de Assis

Violeira e Violonista
Lais de Assis

Natural de Recife-PE, Laís de Assis é violeira, violonista, mestranda em Música com área de concentração em Etnomusicologia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), onde desenvolve pesquisas acerca da viola de dez cordas nordestina. Traz em seu repertório músicas instrumentais para a viola de dez cordas solo, tendo como fonte de inspiração, o universo do romanceiro popular nordestino. É formada em violão popular e viola de dez cordas pelo Conservatório Pernambucano de música, onde também foi professora. Como instrumentista, já atuou em diversos grupos musicais, dentre eles, “O Quadro”, sob coordenação do professor Nelson Almeida. Participou como integrante da orquestra da ópera “A Noiva do Condutor”, de Noel Rosa, promovida pelo projeto Ópera Estúdio (UFPE) apresentada no Teatro Santa Isabel, e concertos com a orquestra da UFPE na igreja da Venerável Ordem Terceira de São Francisco do Recife. Participou da apresentação de abertura da Exposição “Corpu du Som”, do luthier Rodrigo Veras, pelo projeto Sonora Brasil, onde também se apresentou com o grupo “Bando de Violas”, sob direção do professor Adelmo Arcoverde. Participou também do “Lucas Oliveira interpreta Elomar”, apresentado no Teatro Arraial, e da gravação da trilha sonora da peça de teatro de bonecos “Cantigas e Estórias na Terra do Sabiá. Com trabalho solo e autoral, participou do “Sonora Ciclo Internacional de Compositoras”, em Recife nas edições de 2016 e 2017, da Semana da Música UFPE 2016 e do Sarau das Mulheres promovido pelo Centro de Capoeira São Salomão (2017). Em março de 2017 foi convidada para o projeto “Hora do Frevo”, evento produzido pelo museu Paço do Frevo, onde participou um espetáculo de música instrumental homenageando o mês das mulheres ao lado de Sofia Freire, Aishá Lourenço e Ingrid, e também de uma segunda edição com uma apresentação solo, acompanhada de Johann Brehmer e Zé Freire. Participa do quarteto Zé Freire e a Função, formado por viola nordestina, flauta, clarinete e violão de 7 cordas. Participou da gravação dos discos de Sergio Deslandes-PE (2016) e Fernando Pintassilgo-PB (2017).

Laís é A Dita Curva.

Socials